18 de setembro de 2015

Juventude Camponesa se destaca em produções audiovisuais

A oficina de Cinema realizada com o Grupo de Trabalho da Juventude (GT de Juventude) na Região do Coletivo Regional das Organizações da Agricultura Familiar em parceria com o Patac e o Cinema Nosso, através do Projeto Brasil 3.0, que busca democratizar o audiovisual e construir narrativas que conectem campo, floresta e cidade começou a revelar os talentos para as produções cinematográficas, até então, escondidos no Semiárido.

Os dois curtas (“Cumade Fulozinha e a Volta do Filho da Terra”; e o “Logo Ali”) produzidos pelos jovens que participaram da oficina, que foi realizada no mês de junho desse ano (2015) já mereceram lugares de destaque na trajetória de seleções do Cinema Nosso. Da equipe de produção do primeiro filme, que teve como cenário a comunidade Canoa de Dentro, em Pedra Lavrada, dois novos roteiros já foram escolhidos através do Concurso de Roteiros Brasil 3.0, o primeiro é o do jovem Alyssom Queiroz intitulado de "Canoa de Fora: um naufrágio da comunicação manipuladora", já o segundo intitulado de “O que nos espera no futuro?” foi desenvolvido pelo jovem Wellington Gomes. As películas serão desenvolvidas e produzidas com um apoio de R$ 1.000,00 e terão como protagonistas da produção, do elenco e da edição os meninos e meninas camponeses/sas da região.

Já o curta “Logo Ali”, que teve como cenário a comunidade Sussuarana, em Juazeirinho, ganhou para a Mostra Geração 2015 que é o segmento infanto-juvenil do Festival do Rio, o maior evento audiovisual da América Latina, que acontece em outubro e está celebrando 15 anos. A mostra consta de vários programas nesta edição: O ‘Internacional’ que inclui longos vindos de várias partes do mundo com temáticas focadas nas crianças e nos jovens; O ‘Vídeo Fórum’ que apresenta e debate os trabalhos produzidos por eles mesmos (É o momento de ver na tela grande a sua própria produção). Além disso, a Mostra Geração 2015 oferece ‘encontros especiais para educadores e diversas atividades’.

O GT de Juventude também irá produzir roteiros locais que terão como foco a realidade do campo e das famílias agricultoras e poderão concorrer futuramente em outros festivais nacionais e internacionais de Cinema.

Cinema Nosso - É uma Instituição sociocultural situada na Lapa (RJ), onde são oferecidos cursos, oficinas, além da exibição de filmes. É uma organização que tem mais de 12 anos de experiência em educação audiovisual e tem a missão de ampliar o universo cultural e contribuir para o desenvolvimento do senso crítico de crianças, adolescentes e jovens oriundos das classes populares por meio da linguagem audiovisual. Tem por objetivo trazer para o campo da educação e da didática os estudos de como os filmes, as imagens e os audiovisuais nos educam.


Em breve, confiram mais informações sobre a produção dos novos roteiros e a entrega de premiações ao GT de Juventude Camponesa da região do Cariri, Seridó e Curimataú. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário