10 de novembro de 2014

Poesia de Antônio José Torres

Mais um ano e nova festa e que já é tradição
O que iniciado em 2005, hoje tem grande repercussão
Nossa luta é em prol da vida, por nossas sementes queridas, as sementes da paixão
Iniciada em 2005 no município de Gurjão
Na comunidade Cipriano, não tínhamos grande expansão
Apenas três bancos mais ativos, mas esse não era o motivo pra grande desanimação
Segunda festa em 2006, Soledade sediou
Em 2007 na comunidade Sussuarana, em Juazeirinho realizou
E em 2008 foi em Pedra Lavrada
Em 2009, na comunidade malhada, Olivedos festejou
E o que começou pequeno, foi crescendo de repente
Daquele início significativo com poucos bancos de sementes
Veio mais e muito mais, surgiram vários ideais com sistemas de produção diferentes
Veio a criação animal, fruticultura outra opção,
Roçados e sistemas mistos, aumentando a criação
Leite e plantas medicinais, artesanatos e produtivos quintais
E muitas variedades de sementes da paixão
Atuamos em Pedra Lavrada, município de três ambientes
Cariri, Seridó e Caatinga, e comunidades conscientes
Tem frutas, criação, minério e roçado
Grupos de mulheres e jovens organizados, com atuação envolvente
Em São João do cariri, em vazantes do rio Taperoá
Tem roçado e criação animal e a ameaça é o desmatar
Mas tem conservação de sementes, com participação de muita gente
Que sabe da terra cuidar
E passando por Tenório, de fruteiras e roçados diversificados
Uma ameaça é a extração de minérios, deixando o solo degradado
Mas pra sementes da paixão, há campos de multiplicação
e um estoque bem guardado
Lá em Pocinhos também tem, roçado, frutas e criação animal
Tem uma ameaça forte que é a avicultura industrial
Mas tem associações e cooperativas, que na agricultura são decisivas e sabe o que é prejudicial
De Pocinhos vamos a Cubati, que em assentamento é campeão
Tem roçados diversificados, também diversificam a criação
Mas tem setor ameaçado, resultado do cultivo irrigado do tomate e pimentão
E com forte criação de bovinos e caprinos temos o município de Gurjão
Onde o leite é bastante valorizado, mas existe uma questão
Na produção do leite, a especialização de roças isto é uma ameaça para a nossa atuação
Juazeirinho é atuante na agricultura familiar, com fruteiras, criação e cultivos nos roçados, com mulheres e juventude exemplar
Valorizam a cultura local, o que ameaça e faz mal é a agricultura especializada a se espalhar
E chegando a olivedos com seus produtivos quintais, criação e roçados diversificados, grupos de danças e representações teatrais
Associação e banco de sementes se formando, também tem produção de leite grande, mais rendas é bom demais
Está lá em São Vicente o banco de sementes mais antigo da região
Terra de fruteiras e roçados diversificados, de pequenos animais tem criação
Também produzem nos quintais, produzir assim é bom demais, os arredores de casa é a atração
De São Vicente a Soledade, lugar de organização, tem muitos bancos de sementes e Bodega Agroecológica para comercialização
Se destaca na produção de forragem, tem determinação pra estocagem e cuidados com as Sementes da Paixão
Por tanto caros amigos, de todos os municípios citados aqui em Santo André
Também estamos ligados, temos forte criação de animais
Também temos muito mais paixão por nosso legado
Bem vindos todos vocês a essa festa abrilhantar e as Sementes da Paixão vamos todos preservar
Santo André de braços abertos, recebe de certo nesse evento espetacular

Antônio José Torres

Comunidade Cachoeirinha dos Torres. Soledade - PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário